Arquivo | Papo Sério RSS feed for this section

Animal não é lixo

24 mar

Vi um video-campanha dessa ONG, e me apaixonei!

Sempre vemos na internet vídeos, imagens e notícias de pessoas maltratando animais e não ligando para isso. Passamos todos os dias pelas ruas e encontramos muitos cães abandonados, machucados, mal alimentados, esfarrapados, mas não fazemos muito para mudar essa situação! Não quero dizer que temos que colocar todos os animais de rua dentro de nossa casa e criá-los. O simples fato de não abandonarmos os nossos bichinhos, de divulgarmos ongs, feiras de adoção e tudo mais, já é uma boa ajuda! Eu tenho duas cadelas, que são as minhas paixões! São minhas companheirinhas todas as horas, carinhosas, inteligentes e mais amáveis que muita gente que conheço! E sei que o meu sentimento com as minhas cadelas não é só meu, muitas pessoas também tem esse amor por seus bichinhos. Não consigo imaginar como alguém poderia abandonar ou machucar criaturas tão doces e amáveis. Sempre tive muito cuidado com animais e sempre tive uma opinião bem forte contra o abandono e os maus tratos à eles!! Por isso, hoje vou divulgar essa ONG.

A “Cão sem Dono”, é uma ONG em São Paulo, que resgata animais abandonados por seus donos. Esses animais resgatados são tratados por veterinários, alimentados e permanecem em um lar transitório, um sítio que a ONG possue em Itapecerica da Serra (SP), até serem adotados!!

Esse é o vídeo campanha deles:

Quem quiser saber mais sobre a ONG, como ajudar, adotar, etc o site deles é http://caosemdono.com.br/

Animais não foram feitos para nós, humanos, fazermos deles o que bem queremos. Eles são fiéis, companheiros e demonstram mais amor que muita gente! Nós é que precisávamos aprender um pouco mais com eles!

 

Partiu.

28 dez

2011 está no fim! E que venha 2012!!!

2011 foi, sem dúvida, o ano mais estressante e cansativo que já tive! A pressão de ser uma vestibulanda e de ter que fazer provas que chegam a ser torturantes, certamente fizeram com que muitos assim como eu tivessem muitas dores de cabeça!! Mas mesmo sendo assim passou, não passou?! Tudo o que fazemos na nossa vida nos serve de lição para algo, e esse ano a lição que tivemos que aprender foi de que se você realmente quer algo para a sua vida você vai ter que correr atrás e vai ter que se esforçar até quando achar que não tem mais forças (e paciência) para continuar. E apesar de todos os problemas e complicações que 2011 possa ter trazido, ele vai ficar na memória, COM CERTEZA!

Vou sentir falta de tudo ano que vem: do colégio, dos professores, dos amigos, das situações. Mas sentir saudades é bom. Significa que valeu a pena.  Significa que você aproveitou, gostou, se apegou de alguma forma, caso contrário você não sentiria falta. Cada um agora segue o seu caminho, alguns vão seguir um caminho paralelo ao seu e vocês vão sempre lembrar um do outro. Outros vão seguir caminhos perpendiculares ao seu, vão cruzar com você alguma hora, mas vão continuar seu caminho. Aqueles que seguirem seus caminhos, mesmo distantes do meu, mas mesmo assim não perderem o contato, vou chamar aqui de amigos. São aqueles que pretendo nunca esquecer e nunca deixar de manter contato! Afinal, amigos quando são amigos de verdade não importa onde estejam, com quem estejam, para onde forem e o que fizerem de suas vidas, vão estar sempre com você e vão sempre lembrar de você! Esses agente nunca esquece. Nunca mesmo. “A vida é como um livro, alguns amigos estão em uma página, outros apenas em um capítulo, mas os verdadeiros estão na história inteira”  ♥

Bem, Estou saindo de viagem amanhã cedo. Viagem que vai durar o mês de Janeiro inteiro e na qual pretendo me organizar! No início eu não queria ter que fazer essa viagem, mas acho que no final das contas vai ser legal. Vai ser bom relaxar um pouco e organizar meus pensamentos.  (Vou sentir muitas saudades, mas quando eu ver já terá passado o mês inteiro!)

Por este motivo vou me antecipar em alguns dias e desejar um Feliz Ano Novo para todo mundo! Que 2012 seja um ano maravilhoso, que você possa realizar seus sonhos e suas vontades e que nada te impeça de seguir seu coração. Se 2012 for o fim do mundo ou não, pouco me importa, vou vivê-lo com todas as forças e fazer dele o melhor ano de todos. E espero que vocês façam o mesmo!

Feliz 2012 pessoal!

E esse foi o ultimo post do ano de 2011 no minha sombra me persegue!

 ♥

C’est la vie.

20 nov

Acabavam os vestibulares e quando todo o estresse e a euforia do fim de ano chegava ao seu final eu pensei comigo mesma: “acabaram meus problemas”. Eu estava errada.

Estar no terceiro ano me ensinou uma habilidade nova: a de usar o estudo como forma de esquecer meus problemas pessoais. Por certo lado foi uma coisa muito boa, afinal o que eu precisava esse ano senão estudar, certo?

Segundo minha irmã existem três tipos de pessoas: As que usam os estudos para esquecerem seus problemas, as que usam seus problemas para esquecerem o estudo e as que o estudo é o problema!

Durante esse ano pude ver pessoas que se encaixam perfeitamente na teoria da minha irmã! Eu que fui, sou e (provavelmente) sempre vou ser nerd, me encaixo no primeiro caso, ou pelo menos me encaixava. A maioria esmagadora das pessoas usam seus problemas como desculpa para não cumprirem suas obrigações. Não cabe a mim, claro, julgar as prioridades de cada um, até porque tem situações em que os problemas são tão sérios que não há quem consiga ignorá-los.

O que eu quero dizer é  que desculpas SEMPRE vão existir. Em qualquer situação, você sempre vai ter uma desculpa fresquinha, saída do forno, para usar. (Até eu na minha nerdice faço isso). Mas aí é que tá… Até quando você vai poder arranjar desculpas pra tudo?

Problemas todos tivemos, temos e vamos ter na nossa vida. O que muda é a forma como lidamos com eles…

Esta foi uma coisa que eu aprendi e cresci durante esse ano: Como lidar com meus problemas.

Muitas coisas aconteceram nesse ano, boas e ruins. Em Alguns casos eu só queria fechar os olhos e perceber que tudo não passou de um pesadelo, que era tudo coisa da minha cabeça… Seria tão mais fácil assim não?!  Eu posso até querer que fosse assim, mas as coisas não são assim e eu tenho que erguer a cabeça, engolir o choro e tentar colocar um sorriso no meu rosto. Nem todos os problemas você vai poder resolver, a maior parte deles, na verdade, talvez você nunca resolva, simplesmente porque alguns problemas não tem solução, ou tem e você nunca vai achá-la. E o que fazer nessas horas? Eu não sei… Seguir em frente talvez, ou quem sabe em algumas situações insistir seja a solução. Quando eu descobrir eu te aviso, combinado?

Muitas pessoas que você ama vão te magoar, algumas pra valer, mas é pelo fato de que elas te amam que você vai saber que não é de propósito que elas fazem isso. Caso contrário elas não te amariam. Algumas pessoas vão sair da sua vida de uma forma tão discreta que quando você se der conta vocês já serão estranhos um ao outro, isso se você chegar a dar pela falta (claro). Algumas vezes você vai se sentir sem amigos e achar que tudo conspira contra a sua felicidade e quando você menos perceber estará rodeado de melhores amigos, falando besteira, rindo, se divertindo e bebendo em algum barzinho.

É triste pensar nisso tudo. É triste pensar que o ano já está no final, que meu terceirão chegou ao seu fatídico e inevitável fim… Você sempre se arrepende de coisas que fez, outras que deixou de fazer. Horas que você devia ter ficado calado e só escutado, outras que você deixou de falar o que queria por medo… Mas não há como voltar no tempo e mudar suas escolhas, o jeito é aprender com os seus erros, pra que não os cometa novamente. Tudo o que começa termina um dia. E termina por um único motivo: para deixar que outra coisa comece! A única coisa que você sempre deve ter é esperança. “Não se deve perder a esperança em nada na vida se existe alguma chance de dar certo”.

E se algum dia você cair estatelado de cara no chão, levante-se, tente sorrir e continue. A vida não para (que clichê, mas é verdade). E esta é uma coisa que você nunca vai poder controlar, se acostume.

Eu estou tentando me acostumar com essa ideia.

C’est la vie. Habituez-vous.

O acontece aos 18?!

29 jul

Como muitos sabem essa semana atingi a tão cobiçada marca dos 18 anos de idade! Yeeeah! Atingi a maioridade penal, segundo a legislação do Brasil! Mas… E agora? Que diferença isso faz na minha vida?! Eu digo: MUITA!

Primeiro, por curiosidade, um pouquinho de história!

Em 1916, segundo o Código Civil, um adolescente com menos de 16 anos era considerado absolutamente incapaz de exercer seus atos civis; e dos 16 aos 21 anos era considerado relativamente incapaz! (Você sabia disso?) Mas isso tudo mudou em 10 de Janeiro de 2002, por meio da Lei n.º 10.406 que, com a redação do seu artigo 5o, reduziu a maioridade civil dos 21 para os 18 anos completos! (Ou seja, se você tem 17 anos e meio ESQUEÇA!).

Isso quer dizer que por efeito dessa lei, no Brasil presume-se que é a partir dessa idade que o indivíduo já tem plena consciência dos atos que podem ser praticados, agindo com total liberdade e sabendo distinguir perfeitamente o que é certo e o que errado, o que é legal e ilegal. (Eu disse PRESUME-SE!!) Ou seja você se torna um “adultinho” (óh que lindo).

Tah! Mas o que muda na sua vida quando você completa 18 anos?

Bom, à partir dessa idade você já pode “praticar todos os atos da vida civil”, como vender coisas, comprar coisas, assinar documentos, fazer contratos, etc.

Vejamos a seguir uma lista de coisas que aos 18 você poderá fazer:

Você pode

.Dirigir: convenhamos, ALELUIA! Acho que o maior desejo de todo adolescente é completar 18 para poder ter sua carteira de motorista! Estou certa?

.Adotar um filho: se você quer criar uma criancita agora saiba, ele deve ser obrigatoriamente 16 anos mais novo, ou seja, ter 2 anos ou menos!
.Hospedar-se em hotéis e motéis: nem comento esse!

.Se apresentar para o exército: o que é relativo, já que “se apresentar” significa, para os homens, você TEM que ir! Para as mulheres o alistamento não é obrigatório, mas quem quiser servir o exercito pode se apresentar.

.Jogar na loteria: porque tudo o queremos é ganhar na Mega Senna!! (afe)

.Ser eleito!: Se você quer mudar o país se candidate agora!

.Consumir bebidas alcoólicas: como se ninguém soubesse disso!

.Entrar em grande maioria dos bares e casas noturnas: eu disse maioria porque alguns não devem ser muuito interessantes para adolescentes. DUVIDO que você deseja completar 18 para ir no baile da terceira idade!

 

 

 

 

Você não pode

.Atropelar uma pessoa com um carrinho de supermercado: À partir dos 18, na visão da lei, você é responsável pelos seus atos e responde criminalmente aos crimes que possa cometer!! OU SEJA atropelar alguém com um carrinho de supermercado ou espancar alguém com um pacote de salgadinhos está fora de cogitação!

 

.Dirigir ambulâncias: Você pode até tirar carteira, mas você não pode dirigir profissionalmente, OU SEJA você ainda não pode se tornar caminhoneiro, taxista, motorista de ônibus  e muito menos motorista de ambulância! Guarde seu chapéu de caminhoneiro e espere até completar 21 anos!

 

.Casar outras pessoas: Não, você não pode dar uma de casamenteiro! Segundo a lei você só pode virar Juiz de Paz ou algo do tipo à partir de 21 anos!

.Virar prefeito: O que é meio controverso! Você pode se candidatar a qualquer cargo político, desde que você tenha 18 anos completos no dia de sua posse, MENOS à prefeito! ¬¬’ Me explica… PRA QUÊ?

Mas e se você ainda não tem 18? Provavelmente você está pensando “TAH! E EU?” calma! Existem coisas que você não sabe!! À partir dos 16 anos você já tem seus privilégios!! Aos 16 você pode:

.votar: mas seu voto é facultativo!

.se você estiver muuito apaixonado e tiver um surto psicótico você pode se casar, mas só com a autorização dos seus responsáveis legais.

.Pode arranjar seu dimdim trabalhando! E caso você ainda tenha 14 ou 15 anos você pode ser “menor aprendiz”.

.Fazer seu testamento e dizer quem fica com seu Nintendo wii caso você vá comer grama pela raiz!

Mas de qualquer forma, completar 18 tem seus prós e contras! Aqui em casa por exemplo eu ganhei um “Com quem será?!” com a “conta de telefone, de luz, salário,…(VDM!!)
É só você não atropelar ninguém com um carrinho de supermercado que fica tudo certo!

 (Thaís Cristine Veiga)