Arquivo | Guardados Literários RSS feed for this section
26 fev

Anúncios

E a verdade é…

26 fev

Sempre achamos que tudo na vida tem que ter começo, meio e fim. Quando não é assim ficamos perdidos, brigando com a vida e exigindo explicações! Não é sempre que essa regra é seguida. Tem coisas que você não sabe por onde começou, se enrolaram no meio e não tiveram um final; outras que o começo já é o próprio final, sem ter um meio no meio.

A vida tem sua vontade própria e ela, você querendo ou não, segue. É sua escolha querer ou não ficar para trás.  E ficar para trás é uma das coisas mais tentadoras, quando lá estão as coisas boas. Mas isso é besteira!!

Uma coisa que você sempre deve ter em mente é que não se deve esperar que façam por você o que você faz pelos outros, porque somente poucos irão fazê-lo. Existem dores do coração que doem muito mais que dores físicas e machucados reais. Você as ignora, ocupa a cabeça e o tempo, mas ela está sempre ali te incomodando, consumindo seu ar. Uma dor que não vai embora, simplesmente. Tudo o que você pode fazer é esperar, esperar, esperar…Uma hora você vai aprender a ignorá-la efetivamente.

E se um dia quiser e precisar, tire um tempo para viver sua tristeza, mas não viva em função dela. Não deixe sua tristeza se tornar sua vida, porque não importa o quanto você se machucou e em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não para pra que você conserte seu coração!! E um dia,  mais cedo ou mais tarde, você vai se arrepender de ter deixado a vida simplesmente passar.

E esse discurso serve para todo mundo, mas principalmente para mim mesma.

“Conselhos de um Velho Apaixonado”

15 fev

“Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida. Se os olhares se cruzarem e,  neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu. Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês. Se o 1º e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça:  Algo do céu te mandou um presente divino : O AMOR.

Se um dia tiverem que pedir perdão um ao outro por algum motivo e, em troca, receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um pro outro. Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las com ternura, que coisa maravilhosa: você poderá contar com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado…  Se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos emaranhados… Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite… Se você não consegue imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado… Se você tiver a certeza que vai ver a outra envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela…  Se você preferir fechar os olhos, antes de ver a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida poucas amam ou encontram um amor verdadeiro. Às vezes encontram e, por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente. É o livre-arbítrio. Por isso, preste atenção nos sinais. Não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: o AMOR !!!”

(Carlos Drummond de Andrade)

Differently than in Brazil, where the Valentine’s Day is on June’s 12nd, yesterday was Valentine’s Day in USA. So this post is just to say that I wish you all had a great holiday and all the love in the world. :)

Kisses to you all, Thaís. 

“Hm.”

1 fev

Muitas vezes eu simplesmente não sei o que dizer ou até sei, mas procuro não dizer. Sempre escutei muitas críticas sobre quem sou e fui, do que escolho, do que faço e como cumpro com minhas obrigações. Talvez ainda não tenha a maturidade verdadeiramente necessária para tomar todas as minhas decisões. De qualquer forma, sou eu quem as toma e ninguém vai poder fazer isso por mim, nunca.

Vi muitos amigos se afastarem aos poucos e eu não podia fazer nada a respeito, ou talvez nem quisesse fazer nada. Já ouviu o ditado “Se o ama, deixe-o ir.” ? Era exatamente o que eu estava fazendo… Ouvi muitos “eu te amo”, mas assisti de camarote todas essas pessoas me esquecerem. Já tentei procurar uma forma de consertar tudo e até pedi desculpas sem nem saber o porque. Quanto mais eu tentava consertar, mais me diziam como eu estava fazendo tudo errado. Quanto mais coloquei as pessoas perto, mais as vi irem embora. Não sei se o problema está nas pessoas, mas sei que também está em mim. Mudar o mundo ou mudar a mim mesma? Acredite, ambas tem o mesmo nível de dificuldade…

A verdade é que eu sempre arranjei e sempre tento arranjar desculpas para os atos das pessoas. Tento mentir pra mim mesma quantas vezes for preciso, vai que dá certo, não é?! Não quero mais ser assim. Cansei de me enganar, procurando assim não destruir o que conhecia das pessoas e meu conceito sobre elas…

O maior problema é que as lembranças nunca vão embora, elas continuam a te atormentar mesmo quando você só quer esquecê-las. As lembranças são o castigo que temos por manter as pessoas por perto. Vão ser um castigo, sempre que pensar nelas dessa forma. A saudade sempre vai ficar, porque você sabe o quanto foi bom.  Eu, por exemplo, ainda tenho mensagens guardadas que não consigo nem mais ler, mas não tenho a coragem suficiente de deletar.

Vai ver que tudo o que eu precisava era encher a cara e deixar pra lá. Deixar que tudo se resolva sozinho. Ou seguir a receita da minha melhor amiga “Fazer um brigadeirão, colocar um filme de romance e se acabar de chorar. Depois você acorda, lava o rosto e começa outro caminho”. Mas a verdade é que se eu fizer isso com todos os meus problemas eles nunca irão se resolver, não é mesmo?!

Não sei bem quando caiu a ficha disso tudo, acho que ela está emperrada no meio do caminho e foi caindo aos poucos, o que me manteve confusa e desorientada. Mas acho que foi ontem, enquanto eu estava com algumas amigas e parecíamos hienas de tanto que riamos. Tinha tempo que não me divertia daquela forma. Foi quando me dei conta disso que a ficha caiu: Tudo o que eu estava fazendo nos últimos meses era criar desculpas, me entristecer procurando ser feliz. Houveram inúmeros momentos bons, que me faltam dedos para contar… Mas também não houveram…

Eu realmente estava sendo injusta. Injusta comigo mesma, talvez. Fiz o que podia ter feito, falei o que era para ser dito, tentei agradar de todas as formas, briguei, amei com todas as forças. Arranjei paciência e força não sei de onde. Eu fiz tudo o que podia fazer e mesmo assim não foi o suficiente para que agora eu dissesse “Nossa! Como estou feliz!!” Porque quer saber a verdade? Não estou.

Sabe, quando as pessoas querem que você mude de ideia, que você continue ali por elas, sempre dão um jeito de mostrar que se importam com você, de mostrar o quanto você de alguma forma é especial para elas…

Sou totalmente inconstante. Quando estou com raiva minha maior vontade é a de colocar um ursinho de jujuba em um barquinho de papel e deixá-lo descer pela descarga!!!!! Mas é só uma ideia que nunca irá ser colocada em prática,  porque na mesma hora sou capaz de “salvá-lo”, colocá-lo em uma caixinha de vidro e arranjar até uma cerquinha elétrica, só pra garantir que ninguém vai machucá-lo.

O que tento colocar na minha cabeça é que eu estou indo para a faculdade, vou conhecer pessoas novas, situações novas, lugares novos. Vou fazer a minha vida agora. E eu nunca quis tanto que esse dia chegasse. Nunca pensei, nem nunca cheguei a considerar a ideia de tudo se tornar uma simples lembrança. Uma lembrança de alguém que amei muito, alguém que se importava… Que começo a me perguntar se ainda se importa…

Não tenho nenhuma mensagem positiva e bonitinha pra passar hoje. Nenhuma frase de incentivo ou de biscoito da sorte. Não tenho nada disso para colocar aqui, porque não tenho nada disso na minha cabeça agora, me desculpem. Talvez eu esteja sendo injusta e tenha que ver um outro lado da história que ainda não foi dito.

Talvez eu esteja chegando no meu limite

Talvez não seja nada disso. Ou talvez seja sim, tudo isso.

Merry Xmas

24 dez

 

Um feliz natal pra todos os que leem o Minha Sombra me Persegue!!

Muita paz, saude, amö e que sua sombra continue te perseguindo!

haha, quero dizer “ho ho ho”

24 dez

Sabe o que é sentir seu coração bater mais rápido toda vez que se lembra de algo? É o que eu passo, dia após dia, quando me distraio e deixo minha mente vagar pelas lembranças que carrego comigo. É o que normalmente passo antes de dormir. É quando tudo parece fazer sentido!!

Lembranças foram feitas para serem lembradas. Se toda vez que você  lembrar de algo essa lembrança fizer você sorrir, chorar ou sentir o que sentiu um dia é porque você ainda sente a mesma coisa. É porque a distância não conseguiu exercer seu “papel” e não conseguiu afastar aquela pessoa ou situação dos seus pensamentos e principalmente, do seu coração.

No futuro tudo o que espero é que essas minhas lembranças me façam sorrir assim como faço agora, me façam chorar como fiz no passado e faço no presente e dessa forma me façam sentir o que sinto quando minha mente as retoma. Tudo o que espero é que elas se tornem e sejam a base para um futuro. Tudo o que quero é que elas não se tornem um fardo de um passado que não se tornou presente.

E enquanto não sei o que elas se tornam eu fico a ler mensagens antigas, eu fico a lembrar de momentos passados que desejava que fossem presentes, torcendo para que se tornem futuros.

Enquanto isso eu durmo. Durmo só porque sei que posso te encontrar nos meus sonhos. Lugar onde possa existir apenas eu e você, mais ninguém.

Mas pra que isso aconteça preciso dormir.

Então boa noite meu amor. Feche os olhos. Nos vemos daqui a pouco.

24 dez

“Na busca pelas palavras perfeitas, que dissessem tudo o que parecia explodir em mim, não achei palavras suficientes! Na busca por mim mesma, achei você. Achei seu sorriso escondido no meu. Achei meu sorriso escondido no seu. Achei em você a força que eu não sabia que podia ter. Por favor, nunca pare de sorrir, porque eu sorrio com você. Meu sorriso existe com o seu. E em um abraço morro, saio de órbita, sumo de mim mesma e vou parar onde me encontro em ti.” Por favor, aprenda a se teletransportar.