Animal não é lixo

24 mar

Vi um video-campanha dessa ONG, e me apaixonei!

Sempre vemos na internet vídeos, imagens e notícias de pessoas maltratando animais e não ligando para isso. Passamos todos os dias pelas ruas e encontramos muitos cães abandonados, machucados, mal alimentados, esfarrapados, mas não fazemos muito para mudar essa situação! Não quero dizer que temos que colocar todos os animais de rua dentro de nossa casa e criá-los. O simples fato de não abandonarmos os nossos bichinhos, de divulgarmos ongs, feiras de adoção e tudo mais, já é uma boa ajuda! Eu tenho duas cadelas, que são as minhas paixões! São minhas companheirinhas todas as horas, carinhosas, inteligentes e mais amáveis que muita gente que conheço! E sei que o meu sentimento com as minhas cadelas não é só meu, muitas pessoas também tem esse amor por seus bichinhos. Não consigo imaginar como alguém poderia abandonar ou machucar criaturas tão doces e amáveis. Sempre tive muito cuidado com animais e sempre tive uma opinião bem forte contra o abandono e os maus tratos à eles!! Por isso, hoje vou divulgar essa ONG.

A “Cão sem Dono”, é uma ONG em São Paulo, que resgata animais abandonados por seus donos. Esses animais resgatados são tratados por veterinários, alimentados e permanecem em um lar transitório, um sítio que a ONG possue em Itapecerica da Serra (SP), até serem adotados!!

Esse é o vídeo campanha deles:

Quem quiser saber mais sobre a ONG, como ajudar, adotar, etc o site deles é http://caosemdono.com.br/

Animais não foram feitos para nós, humanos, fazermos deles o que bem queremos. Eles são fiéis, companheiros e demonstram mais amor que muita gente! Nós é que precisávamos aprender um pouco mais com eles!

 

Anúncios
26 fev

E a verdade é…

26 fev

Sempre achamos que tudo na vida tem que ter começo, meio e fim. Quando não é assim ficamos perdidos, brigando com a vida e exigindo explicações! Não é sempre que essa regra é seguida. Tem coisas que você não sabe por onde começou, se enrolaram no meio e não tiveram um final; outras que o começo já é o próprio final, sem ter um meio no meio.

A vida tem sua vontade própria e ela, você querendo ou não, segue. É sua escolha querer ou não ficar para trás.  E ficar para trás é uma das coisas mais tentadoras, quando lá estão as coisas boas. Mas isso é besteira!!

Uma coisa que você sempre deve ter em mente é que não se deve esperar que façam por você o que você faz pelos outros, porque somente poucos irão fazê-lo. Existem dores do coração que doem muito mais que dores físicas e machucados reais. Você as ignora, ocupa a cabeça e o tempo, mas ela está sempre ali te incomodando, consumindo seu ar. Uma dor que não vai embora, simplesmente. Tudo o que você pode fazer é esperar, esperar, esperar…Uma hora você vai aprender a ignorá-la efetivamente.

E se um dia quiser e precisar, tire um tempo para viver sua tristeza, mas não viva em função dela. Não deixe sua tristeza se tornar sua vida, porque não importa o quanto você se machucou e em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não para pra que você conserte seu coração!! E um dia,  mais cedo ou mais tarde, você vai se arrepender de ter deixado a vida simplesmente passar.

E esse discurso serve para todo mundo, mas principalmente para mim mesma.

“Conselhos de um Velho Apaixonado”

15 fev

“Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida. Se os olhares se cruzarem e,  neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu. Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d’água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês. Se o 1º e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça:  Algo do céu te mandou um presente divino : O AMOR.

Se um dia tiverem que pedir perdão um ao outro por algum motivo e, em troca, receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um pro outro. Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las com ternura, que coisa maravilhosa: você poderá contar com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado…  Se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos emaranhados… Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite… Se você não consegue imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado… Se você tiver a certeza que vai ver a outra envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela…  Se você preferir fechar os olhos, antes de ver a outra partindo: é o amor que chegou na sua vida.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida poucas amam ou encontram um amor verdadeiro. Às vezes encontram e, por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente. É o livre-arbítrio. Por isso, preste atenção nos sinais. Não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: o AMOR !!!”

(Carlos Drummond de Andrade)

Differently than in Brazil, where the Valentine’s Day is on June’s 12nd, yesterday was Valentine’s Day in USA. So this post is just to say that I wish you all had a great holiday and all the love in the world. :)

Kisses to you all, Thaís. 

9 fev

 

I couldn’t tell you why she felt that way. She felt it everyday. And I couldn’t help her, I just watched her make the same mistakes again. What’s wrong? What’s wrong now? Too many problems. Don’t know where she belongs. Where she belongs?

Open your eyes and look outside. Find the reason why you’ve been rejected and now you can’t find what you left behind. Be strong, be strong now. Too many problems.

Her feeling she hides, her dreams she can’t find, she’s losing her mind, she’s falling behind. She can’t find her place, she’s losing her faith, she’s falling from grace, she’s all over the place.

She wants to go home, but nobody’s home. That’s where she lies, broken inside. With no place to go to dry her eyes, broken inside. She’s lost inside, lost inside.

 (Avril Lavigne – Nobody’s Home)

1 fev

 

Coloca o fone, que essa é minha favorita no momento!

 

 

Paramore se tornou minha banda favorita há cerca de 5 anos. E essa música é uma das minhas favoritas, não só pela letra, mas pelo estilo meio country que colocaram quando a lançaram em versão de estúdio.

Não consigo deixar de gostar do trabalho dessa banda. Sério mesmo!

*-*

“Hm.”

1 fev

Muitas vezes eu simplesmente não sei o que dizer ou até sei, mas procuro não dizer. Sempre escutei muitas críticas sobre quem sou e fui, do que escolho, do que faço e como cumpro com minhas obrigações. Talvez ainda não tenha a maturidade verdadeiramente necessária para tomar todas as minhas decisões. De qualquer forma, sou eu quem as toma e ninguém vai poder fazer isso por mim, nunca.

Vi muitos amigos se afastarem aos poucos e eu não podia fazer nada a respeito, ou talvez nem quisesse fazer nada. Já ouviu o ditado “Se o ama, deixe-o ir.” ? Era exatamente o que eu estava fazendo… Ouvi muitos “eu te amo”, mas assisti de camarote todas essas pessoas me esquecerem. Já tentei procurar uma forma de consertar tudo e até pedi desculpas sem nem saber o porque. Quanto mais eu tentava consertar, mais me diziam como eu estava fazendo tudo errado. Quanto mais coloquei as pessoas perto, mais as vi irem embora. Não sei se o problema está nas pessoas, mas sei que também está em mim. Mudar o mundo ou mudar a mim mesma? Acredite, ambas tem o mesmo nível de dificuldade…

A verdade é que eu sempre arranjei e sempre tento arranjar desculpas para os atos das pessoas. Tento mentir pra mim mesma quantas vezes for preciso, vai que dá certo, não é?! Não quero mais ser assim. Cansei de me enganar, procurando assim não destruir o que conhecia das pessoas e meu conceito sobre elas…

O maior problema é que as lembranças nunca vão embora, elas continuam a te atormentar mesmo quando você só quer esquecê-las. As lembranças são o castigo que temos por manter as pessoas por perto. Vão ser um castigo, sempre que pensar nelas dessa forma. A saudade sempre vai ficar, porque você sabe o quanto foi bom.  Eu, por exemplo, ainda tenho mensagens guardadas que não consigo nem mais ler, mas não tenho a coragem suficiente de deletar.

Vai ver que tudo o que eu precisava era encher a cara e deixar pra lá. Deixar que tudo se resolva sozinho. Ou seguir a receita da minha melhor amiga “Fazer um brigadeirão, colocar um filme de romance e se acabar de chorar. Depois você acorda, lava o rosto e começa outro caminho”. Mas a verdade é que se eu fizer isso com todos os meus problemas eles nunca irão se resolver, não é mesmo?!

Não sei bem quando caiu a ficha disso tudo, acho que ela está emperrada no meio do caminho e foi caindo aos poucos, o que me manteve confusa e desorientada. Mas acho que foi ontem, enquanto eu estava com algumas amigas e parecíamos hienas de tanto que riamos. Tinha tempo que não me divertia daquela forma. Foi quando me dei conta disso que a ficha caiu: Tudo o que eu estava fazendo nos últimos meses era criar desculpas, me entristecer procurando ser feliz. Houveram inúmeros momentos bons, que me faltam dedos para contar… Mas também não houveram…

Eu realmente estava sendo injusta. Injusta comigo mesma, talvez. Fiz o que podia ter feito, falei o que era para ser dito, tentei agradar de todas as formas, briguei, amei com todas as forças. Arranjei paciência e força não sei de onde. Eu fiz tudo o que podia fazer e mesmo assim não foi o suficiente para que agora eu dissesse “Nossa! Como estou feliz!!” Porque quer saber a verdade? Não estou.

Sabe, quando as pessoas querem que você mude de ideia, que você continue ali por elas, sempre dão um jeito de mostrar que se importam com você, de mostrar o quanto você de alguma forma é especial para elas…

Sou totalmente inconstante. Quando estou com raiva minha maior vontade é a de colocar um ursinho de jujuba em um barquinho de papel e deixá-lo descer pela descarga!!!!! Mas é só uma ideia que nunca irá ser colocada em prática,  porque na mesma hora sou capaz de “salvá-lo”, colocá-lo em uma caixinha de vidro e arranjar até uma cerquinha elétrica, só pra garantir que ninguém vai machucá-lo.

O que tento colocar na minha cabeça é que eu estou indo para a faculdade, vou conhecer pessoas novas, situações novas, lugares novos. Vou fazer a minha vida agora. E eu nunca quis tanto que esse dia chegasse. Nunca pensei, nem nunca cheguei a considerar a ideia de tudo se tornar uma simples lembrança. Uma lembrança de alguém que amei muito, alguém que se importava… Que começo a me perguntar se ainda se importa…

Não tenho nenhuma mensagem positiva e bonitinha pra passar hoje. Nenhuma frase de incentivo ou de biscoito da sorte. Não tenho nada disso para colocar aqui, porque não tenho nada disso na minha cabeça agora, me desculpem. Talvez eu esteja sendo injusta e tenha que ver um outro lado da história que ainda não foi dito.

Talvez eu esteja chegando no meu limite

Talvez não seja nada disso. Ou talvez seja sim, tudo isso.